Xbox One pode de fato vir a rodar Windows 10 em 2015

windows-10-family

Fato: quando a Microsoft anunciou dias atrás o Windows 10, ela deixou claro que todas as suas plataformas rodariam um único sistema como forma unificar toda a experiência, permitindo aos desenvolvedores criarem apps que rodem em qualquer dispositivo, independe de ser desktop, notebook, ultrabook, híbridos, Surface, tablets os smartphones, contando com interface de toque ou não.

“Mas e o Xbox One?”, perguntaram alguns. Embora a proposta do console seja algo completamente diferente e a princípio somente a loja seria unificada, a posição oficial de Redmond é que todas as plataformas Windows rodem o novo SO, sem exceções – e isso inclui seu console atual.

O que sabemos até agora é que o Xbox One receberá um grande update em 2015, e embora a Microsoft não tenha detalhado do que se trata alguns começam a especular que ele sirva para de fato substituir o kernel do console, implementando uma versão do Windows 10 dedicada a fim de unificar de vez a experiência Windows – um sistema, inúmeros produtos. O anúncio oficial do SO aponta para essa possibilidade:

O Windows 10 irá rodar em uma gama enorme de dispositivos – da Internet das Coisas a servidores corporativos em todo o mundo. Alguns desses dispositivos possuem telas de 4 polegadas – outros, telas de 80″ – e alguns sequer possuem uma. Alguns desses dispositivos você segura na sua mão, outros ficam a três metros de distância. Alguns usam interface touch ou canetas por padrão, outros teclado e mouse, outros ainda controles e sensores de movimento – e alguns deles podem navegar entre essas interfaces.

Isso colocaria o Xbox One numa posição curiosa, pois passaria a ser um console de videogame a rodar um SO pensado originalmente para o desktop, mas adaptado de forma a atender suas necessidades exclusivas. Entretanto ainda seria um Windows, com os mesmos apps disponíveis na Windows Store para outras plataformas e com acesso à Cortana – esse movimento aliás seria essencial para a aplicação do plano em que a assistente virtual gerencie todos os seus dispositivos com o sistema da Microsoft, unificando todos eles.

Eu acho a ideia interessante. De cara fará com que o Xbox One passe a rodar os mesmos apps Modern que o Windows já executa, sem que os desenvolvedores tenham que criar versões dedicadas: o que roda em um roda em todos e acabou. Em todo caso teremos que esperar até o lançamento oficial do Windows 10 para verificar se a Microsoft dará mesmo esse passo em prol da unificação de seus produtos.

Fonte: VG24/7.

The post Xbox One pode de fato vir a rodar Windows 10 em 2015 appeared first on Meio Bit.

Receba em seu E-Mail nossas promoções!

Por favor, deixe seu nome e e-mail e fique por dentro das novidades!

Não se preocupe com Spam, somente mandaremos um e-mail por mês.

%d blogueiros gostam disto: