Sírios combaterão o ISIS com tanque controlado por “DualShock”

Free-Syrian-Army

Algumas guerras nos mostraram que nem sempre os mais poderosos vencem e quando se trata de um conflito civil, aqueles que estão envolvido precisam lutar com o que tem nas mãos. No caso do Exército de Libertação da Síria, isso é um controle de videogame muito parecido com o de um PlayStation.

Atuando como uma das principais forças contra o ISIS e o governo de Bashar al-Assad, os Estados Unidos tem até estudado apoiar esse grupo, mas enquanto não tem acesso ao treinamento e o poderio de uma super nação, o FSA espera enfrentar o inimigo com um um blindado DIY, ou em bom português, “de fundo de quintal”.

Aproveitando pedaços de metal e uma caminhonete, eles construíram um tanque de guerra que pode não ser muito intimidador, mas que tem capacidade de fazer um enorme estrago graças a metralhadora .50 localizada na parte de cima e para não ter que se expor, o operador pode controlá-la usando apenas um simples joystick enquanto visualiza o exterior através de uma TV.

A ideia dos rebeldes é utilizar o veículo para resgatar soldados feridos no campo de batalha, procedimento que deverá ser facilitado por uma abertura presente na parte de trás do tanque e como pode ser visto no vídeo abaixo, a sensação parece ser a mesma de estarmos jogando algum FPS, exceto pelo risco iminente dessa geringonça ir pelos ares.

O mais impressionante nessa história é pensarmos que enquanto alguns ficam por aí criticando aqueles que deixam de lado a dupla teclado e mouse e preferem jogar FPSs usando um controle, na Síria os caras estão usando um para passar por cima de seus inimigos, o que me faz pensar que preciso lembrar deste vídeo quando essa briguinha voltar à tona (o que deverá acontecer aqui neste post mesmo).

Fonte: Vocativ.

Receba em seu E-Mail nossas promoções!

Por favor, deixe seu nome e e-mail e fique por dentro das novidades!

Não se preocupe com Spam, somente mandaremos um e-mail por mês.

%d blogueiros gostam disto: