Os jogos com histórias lineares estão com os dias contados?

7 Flares 7 Flares ×

far-cry-4

Ultimamente várias desenvolvedoras e editoras tem incentivado o compartilhamento de vídeos com trechos de jogos, ação que muitos enxergam como a maneira ideal para divulgação. O interessante é que de acordo com a opinião de Alex Hutchinson, diretor executivo do Far Cry 4, essa tendência deverá fazer com que a maneira de se contar uma história num game mude consideravelmente.

Eu estou muito interessado em jogos emergentes e para onde eles irão com o compartilhamento de vídeos e o Twitch. Penso que os jogos com histórias lineares sofrerão no mercado moderno. Eles já possuem alta qualidade e já estamos vendo seu público migrar para jogos com grandes mundos abertos. Se eu abro a lista dos meus amigos e vejo que todos estão na mesma missão, fazendo a mesma coisa… Acho que isso está longe de ser um motivo de vendas tão forte quanto abrir a lista de amigos e ver 40 pessoas fazendo coisas completamente diferentes.

Pensando bem, acho que nenhuma empresa tem investido tanto na criação de jogos de mundos abertos quanto a Ubisoft, estratégia que a empresa tem defendido com unhas e dentes por acreditar que será isso que fará com que a nova geração seja realmente relevante.

Uma bela demonstração do quanto essa liberdade pode ser benéfica é a campanha What are you made of? criada pela empresa, onde temos quatro aventuras que podem ser concluídas da maneira que acharmos melhor, sendo que teremos apenas alguns poucos segundos para tomar uma decisão.

Como grande apaixonado por jogos de mundos abertos que sou, torço muito para que eles se tornem cada vez mais comuns e penso assim por achar que a liberdade que esses títulos nos dão é algo fantástico. Poder seguir o caminho que quisermos, escolher como alterar aquele mundo virtual e principalmente, contar nossas próprias histórias deveria ser, na minha opinião, a essência dos videogames, pois não existe nada melhor do que conversar sobre um jogo com um amigo e descobrir que ele teve uma experiência diferente da nossa.

Com isso não quero dizer que torço para o fim de obras lineares espetaculares como um Heavy Rain, Shadow of the Colossus ou Metal Gear Solid, mas se um número maior de títulos puder me dar a possibilidade de escolher invadir uma base inimiga pelo mar, pela terra ou pelo ar e logo depois me deixar livre para seguir para onde quiser, não acharei nada mau.

Fonte: OXM.

The post Os jogos com histórias lineares estão com os dias contados? appeared first on Meio Bit.

%d blogueiros gostam disto: