Metal Gear Solid V e o curioso caso do transplante de cabeças

2 Flares 2 Flares ×

Metal Gear Solid V e o curioso caso do transplante de cabeças

Hideo Kojima é um gênio não só pelos jogos que cria, mas também pela maneira como os divulga. Porém, nos últimos dias o game designer viu seu nome envolvido em uma polêmica que pode acabar se transformando numa das jogadas de marketing mais fantásticas da indústria de games… ou num tremendo fiasco.

A história começa em 2010, quando Kojima-san deu uma misteriosa declaração em seu Twitter ao falar sobre o seu novo projeto, jogo que meses depois acabaria sendo confirmado como o Metal Gear Solid V: The Phantom Pain. Naquela ocasião ele disse o seguinte:

O próximo projeto irá desafiar um certo tipo de tabu. Se eu fizer besteira, provavelmente terei que deixar a indústria. Contudo, não quero continuar evitando isso. Farei 47 este ano, são 24 anos desde que eu comecei a fazer jogos. Hoje possuo um aliado que felizmente poderá me apoiar nessa empreitada, embora seja apenas uma pessoa. Para um começo, está bom.

Bom, até aí tudo poderia ser considerado apenas uma promessa que talvez nem seria cumprida, mas repare no trecho destacado da declaração e caso não tenha acompanhado as notícias nas últimas semanas, saiba que um tal Dr. Sergio Canavero tem chamado a atenção da mídia. Isso porque o neurocientista afirma que chegou o momento de fazermos aquele que poderá ser o procedimento cirúrgico mais espetacular da história, um transplante de cabeça!

Conhecido como projeto HEAVEN, a iniciativa inclusive já encontrou o primeiro voluntário, um russo chamado Valery Spirodonov e que sofre com a Síndrome de Werdnig-Hoffman. Mas afinal, o que tudo isso tem a ver com o jogo que será lançado em 1º de setembro? Pois é aí que a coisa começa a ficar interessante.

sergio-canavero

Após ver a foto do Dr. Canavero, várias pessoas rapidamente perceberam a semelhança entre ele e o personagem cuja imagem abre este post e após alguma pesquisa foi descoberto uma série de artigos do médico italiano falando sobre algo a que muitos se referem como fenômeno fantasma ou dor fantasma (Phantom Pain).

Tantas semelhanças fizeram com que algumas especulações tivessem início, como uma em que o protagonista da série passará por um transplante de cabeça e até que o tal médico é um farsante, que tudo o que ele tem defendido não passa de uma engenhosa campanha de marketing para divulgar o novo Metal Gear, o que convenhamos, seria uma das maiores pegadinhas feitas por um desenvolvedor de games.

Contudo, de acordo com um artigo publicado pelo Kotaku e de autoria de Gabriel Galliani, jornalista italiano que escreve para a Official PlayStation Magazine, o Dr. Canavero possui vários papers em seu nome e ganhou bastante popularidade em seu país em 2008, quando utilizou uma técnica própria para acordar um paciente que estava em coma. Isso por si só já acabaria com parte da teoria conspiratória, mas ainda assim o rapaz resolveu conversar com o controverso médico.

Bastante prestativo ao telefone, o neurocirurgião se disse surpreso com a similaridade entre ele e o médico do jogo e garantiu que nunca deu autorização para que sua imagem fosse utilizada no Metal Gear Solid V: The Phantom Pain, chegando inclusive a afirmar que pretende processar a Konami por tal ato.

O que existe por trás de toda essa história? Por enquanto é difícil dizer, mas será que Hideo Kojima realmente tem contado com a ajuda do Dr. Canavero? Será que foi a utilização indevida da imagem do neurocirurgião que fez com que a editora apagasse o nome do game designer do projeto e supostamente tenha o demitido? E o tabu a que Kojima-san se referia, seria o transplante, algo que a sociedade japonesa não encara com muita naturalidade?

É, talvez dessa vez o criador do Metal Gear tenha passado dos limites.

The post Metal Gear Solid V e o curioso caso do transplante de cabeças appeared first on Meio Bit.

%d blogueiros gostam disto: