Infinity Blade Saga é anunciado para o Xbox One


8 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 3 Pin It Share 4 LinkedIn 1 8 Flares ×

Infinity-Blade

Lançado para os dispositivos iOS no final de 2009, o Infinity Blade foi o primeiro jogo para a plataforma a ser feito com a Unreal Engine e mais do que isso, foi um dos primeiros títulos a mostrar aos chamados jogadores hardcore que eles poderiam tem uma boa experiência em um tablet ou smartphone.

Criado pela Chair Entertainment, uma subsidiária da Epic Games, o título nasceu como uma ideia que tinha o Kinect como alvo e depois de ter feito um enorme sucesso nos dispositivos móveis, gerando duas continuações e dois livros, o novo console da Microsoft finalmente receberá o jogo. Pelo menos lá na China.

Anunciado pela Tencent e com lançamento previsto para até o dia 16 de faveiro de 2015, o Infinity Blade Saga é um título que deverá reunir os três capítulos da série, unindo os estágios através de um enredo mais encorpado e nos dando a possibilidade de jogar utilizando o detector de movimentos do Xbox One ou o seu joystick.

Por enquanto muitas incertezas cercam o projeto, como a possibilidade do PlayStation 4 receber uma versão ou até mesmo de o jogo ser distribuído gratuitamente, contando evidentemente com microtransações, mas o que todos nós gostaríamos mesmo de saber é se ele chegará a este lado do planeta, o que ainda não foi confirmado.

Também não se sabe ao certo se o pessoal da Chair está participando da criação do novo jogo, já o envolvimento da Tencent é natural, pois a empresa chinesa possui 40% das ações da Epic e como esta desenvolvedora há muito tempo possui uma boa relação com a Microsoft, não chega a ser surpresa eles terem optado primeiro pelo Xbox One.

Particularmente sempre fico um pouco desconfiado de títulos que nasceram em smartphones e querem migrar para o PC ou consoles, já que aquilo que funcionou numa plataforma não necessariamente funcionará em outra, mas com alguns ajustes na jogabilidade e mais conteúdo, acredito que o Infinity Blade poderá agradar também em uma nova casa.

Fonte: Joystiq