GTA: San Andreas para PC recebe atualização e você não gostará disso


3 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 2 LinkedIn 1 3 Flares ×

gta-san-andreas

Há poucos dias o Grand Theft Auto: San Andreas completou seu décimo aniversário, mas quem estava esperando por alguma grande celebração acabou se decepcionando com a maneira como a Rockstar tem tratado o jogo.

O primeiro motivo para reclamação foi com o relançamento do título na Xbox Live, pois o que a princípio parecia um ótimo negócio acabou se mostrando apenas uma adaptação da versão que estava sendo vendida para tablets e smartphones, e agora algo ainda pior aconteceu com a edição que pode ser adquirida pelo Steam.

Sem avisar aqueles que já haviam comprado o San Andreas no serviço de distribuição da Valve, a desenvolvedora lançou uma atualização que trouxe muito mais problemas do que melhorias ao game, a começar pela remoção de 17 músicas, o que certamente está relacionado ao término do licenciamento, além de agora os jogadores não poderem mais aproveitar o título em resoluções maiores, incluindo 1080p. Porém, o pior de tudo é que os saves de muitas pessoas foram corrompidos, então se você quiser jogar, existe a chance de ter que começar a campanha novamente.

Tirando a possibilidade de controlarmos o carro usando o mouse, a única vantagem trazida por esta atualização foi o suporte nativo ao controle do Xbox 360 e felizmente um fã já criou um patch que corrige boa parte dos problemas, um trabalho que a própria Rockstar deveria ter feito.

O triste nesta história é que ela nos mostra que o perigo de comprarmos jogos digitalmente vai muito além da loja deixar de existir, já que a qualquer momento uma empresa pode lançar uma atualização que mutilará sua criação e/ou a tornará pior do que era antes.

Na verdade este é um problema que pode afetar também os jogos vendidos fisicamente, pois como a todo momento estão recebendo correções, não há como garantir que o mesmo não acontecerá com eles e e embora as vantagens dos consoles e computadores estarem conectados sejam indiscutíveis, toda essa incerteza sobre o futuro dos games me faz sentir uma enorme saudade das gerações mais antigas, onde só precisávamos nos preocupar em como matar aquele chefe apelador.

Fonte: PCGamer.