Empresa cria protótipo de skate voador


4 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 2 Pin It Share 1 LinkedIn 1 4 Flares ×

empresa-cria-prototipo-de-skate-voador

Se você já assistiu ao filme “De Volta Para o Futuro 2”, provavelmente já desejou ter o mesmo skate voador que o personagem Marty McFly. A boa notícia é que a ideia está perto de se tornar realidade graças a Hendo Hover, prancha que levita a 2,54cm do chão.

Criado pela Arx Pax, uma empresa californiana, o skate passou por 18 protótipos até chegar na sua versão atual, que busca financiamento coletivo no Kickstarter. Para ser lançado, o Hendo Hover precisa de US$ 250 mil (em torno de R$ 619 mil) até o dia 15 de dezembro, o que não parece difícil já que até o fechamento desta nota, o projeto tinha alcançado US$ 235 mil.

Para levitar, o Hendo Over usa o princípio do magnetismo, mas, diferente do que muitos podem pensar, o skate não usa polos iguais de um ímã. De acordo com a startup, quatro motores de flutuação fazem a prancha subir, pois eles empurram uns aos outros. Esses motores se enquadram na lei de Lenz, que diz que correntes são criadas quando ímãs são movidos em relação a um material condutor. Essas correntes, por sua vez, criam um campo magnético oposto ao condutor, o que faz o skate flutuar. A tecnologia é semelhante à usada em trens com levitação magnética, como o Maglev.

Desta forma, para infelicidade de muitos, seria impossível usar a Hendo Hover em ruas ou parques, já que existe a necessidade da superfície com o material condutor não-ferromagnético. Além disso, a tecnologia para o hoverboard do filme precisaria anular a gravidade da Terra para manter o skate estável no ar, algo ainda teoricamente impossível.

Para suprir a falta de espaços, a empresa pretende criar um parque específico para andar na prancha, o Hendo Hoverpark. É possível colaborar para a construção dele com uma doação de US$ 59 (R$ 146). Em troca, a startup promete um bloco com o nome de colaborador ou companhia.

Impressões

Nos testes do Engadget, o Hendo Over aguentou um jornalista de quase 100kg sem problemas. A Arx Pax afirma que a versão atual do prtotótipo aguenta até 137Kg e, no futuro, poderá suportar cargas de até 227kg.

Contudo, como reporta a Forbes, o skate voador “é muito barulhento” e tem autonomia de apenas sete minutos. Além disso, a publicação reportou sentir partes de indutores se mexendo dentro da prancha, o que, segundo a startup, deve ser consertado.

Preços

Para contribuir com o projeto, os preços começam em US$ 5 (R$ 12,39). No entanto, se você esperava adquirir um Hendo Over, duas más notícias: o preço é US$ 10 mil (cerca de R$ 24,6 mil) e as 10 unidades disponíveis já foram vendidas.

Se você quiser ter sua própria prancha voadora, pode comprar um display de mesa da tecnologia, por US$ 149 (R$ 369) ou então, uma versão em tamanho real, mas sem o campo magnético, por US$ 449 (R$ 1.112).

Outra opção é adquirir um dos kits de desenvolvedor da Hendo Over, a Whitebox. Trata-se de uma caixa branca que usa a mesma tecnologia e é controlada via aplicativo. Os valores variam entre US$ 299 (R$ 741) e US$ 949 (R$ 2.351). A Arx Pax afirma que a bateria da Whitebox dura entre 12 e 15 minutos com uma carga de duas horas.

Por fim, se você só quer experimentar a sensação de flutuar no skate, pode desembolsar US$ 100 (R$ 248) para andar por 5 minutos na Hendo Over na sede da startup, no Vale do Silício (EUA), ou por uma hora, com suporte técnico durante o passeio (US$ 1 mil, em torno de R$ 2.478).

Fonte: Empresa cria protótipo de skate voador