Digital Foundry: Jogamos Rise of the Tomb Raider

1 Flares 1 Flares ×

Acesso direto a Rise of the Tomb Raider tem sido limitado por isso a oportunidade de jogar o título exclusivo da Microsoft num evento em Londres foi algo que não podíamos perder. O novo jogo da Crystal Dynamics está impressionante; a Lara nunca foi gerada de forma tão convincente e este preview nos leva para locais variados e vividos. Desde a Sibéria no início (como visto na E3) a um local arruinado pela guerra à procura do túmulo de um profeta, cada local é detalhado com grande precisão artística. No entanto, alguns aspectos técnicos desta versão ainda estão abaixo dos objetivos.

A área central, a Instalação Soviética, que surge nas duas primeiras horas de jogo – onde foi possível capturar sequências de gameplay. Aqui a Lara entra numa base militar rodeada de montanhas, terreno com árvores, coberto com neve e gelo. A demo começa com Lara no topo de um precipício, onde o motor nos mostra uma bela vista sobre a paisagem, com pouco pop-in quando descemos pela linha.

A própria Lara é em particular um foco renovado, é evidente o maior detalhe no modelo. Shaders de pele são mais naturais, os flocos de neve acumulam-se na sua roupa. O grande destaque são as suas expressões, os seus olhos percorrem a distância de forma realista e um belo efeito paralaxe ajuda a dar verdadeira profundidade. Conforme o vento sopra pelo vale vemos uma versão atualizada da TressFX que movimenta o seu cabelo. Até as suas ferramentas se movimentam de forma realista quando corre – efeito visto pela primeira vez em Tomb Raider Definitive Edition.

Leia mais…

 

%d blogueiros gostam disto: